Confira os 8 principais equipamentos agrícolas e suas funções

Descubra quais são os equipamentos agrícolas mais utilizados no campo e escolha o ideal para sua lavoura!
  • Atualizado em 30 de junho de 2022
  • Publicado em 30 de junho de 2022
  • Vida no Campo

Os equipamentos agrícolas são fundamentais para a rentabilidade rural. Afinal, eles possibilitam a otimização do tempo, agilidade e aumento da produtividade no campo. Então, além de ajudar o produtor a atender prazos e demandas do mercado, permite que ele amplie seus negócios, ou seja, que aumente sua produção ou passe a investir em uma nova cultura.

Um dos tipos de equipamentos são os chamados implementos, que são acoplados a um sistema de tração (geralmente os tratores) e que facilitam a realização das tarefas no campo, desde o preparo do solo, passando pela semeadura, manutenção da lavoura até a colheita.

Ao contrário do que muitos imaginam, esse tipo de maquinário não é utilizado apenas na produção em larga escala. Afinal, na agricultura familiar eles também oferecem os mesmos benefícios. É importante conhecer os implementos para saber qual atende melhor às necessidades da sua atividade.

Por isso, nós listamos os 8 mais importantes. Confira quais são eles e faça a melhor escolha para você!

1. Arado

O arado é um dos equipamentos agrícolas mais utilizados para preparar o solo para o plantio. Ele é formado por lâminas de metal que ajudam a escavar, cortar e revolver o solo. Desse modo, remove as camadas que ficaram compactadas na superfície e deixa o solo nas condições adequadas de aeração, semeadura, irrigação, armazenamento de água e de nutrientes.

Sem o arado acoplado ao trator, o produtor precisaria realizar manualmente essa atividade, tornando-a praticamente inviável, tendo em vista o tempo e os esforços que seriam necessários. Há dois tipos principais de arados:

  • arados de discos — formados por discos lisos ou recortados que giram enquanto passam pelo solo, revirando a terra mesmo com cascalhos, galhos, raízes e outros elementos. Porém, a forma circular dos discos acaba exigindo mais peso para que penetre no solo. O mercado oferece uma grande variedade de discos, que diferem em diâmetro, largura e quantidade de discos, além do sistema de acoplamento no trator (arrasto, montado ou semimontado);
  • arados de aivecas — têm lâminas de corte em formato de “Y”. Desse modo, consegue romper as camadas mais profundas do solo, aumentando sua capacidade de incorporar os resíduos das colheitas. Por ser mais leve que os discos, exige menos força de tração. Também há diversos modelos de aivecas, com curvaturas diferentes ou chapas recortadas, cada um específico para um tipo de solo.

É importante ressaltar que tanto o arado de disco quanto o de aiveca podem ser fixos ou reversíveis, que se movimentam para a direita ou esquerda. Para isso, basta que o operador coloque o implemento no sentido inverso ao trabalhar com o trator. Aliás, os reversíveis oferecem desempenhos operacionais melhores nas manobras de cabeceira.

2. Semeadoras

Sua função é depositar as sementes no solo de acordo com o espaçamento, densidade e profundidade corretos para o melhor desenvolvimento da cada cultura. Além disso, esse equipamento agrícola protege as sementes, evitando que elas sejam danificadas durante o processo.

Para isso, alguns modelos utilizam sensores e regulagens que podem ser feitas manualmente pelo operador. Esse tipo é utilizando principalmente nas propriedades que investem na agricultura de precisão.

As semeadoras são um dos implementos que mais evoluíram nos últimos anos. Atualmente, há modelos que fazem outras funções além de semear, como as semeadoras-adubadoras. Assim, a adubação pode ocorrer no momento do plantio fertilizando a terra ao redor da semente, economizando tempo e dispensando a utilização de um implemento extra ou esforço manual.

3. Grades

Assim como os arados, as grades preparam o solo, deixando-o nas condições ideais para semeadura, germinação, desenvolvimento e produção da lavoura. Por isso, são muito utilizadas no sistema convencional do cultivo de plantas, pois realiza as seguintes funções:

  • quebrar e desmanchar torrões de terra;
  • nivelar a superfície do solo;
  • picar e incorporar ao solo os restos da cultura anterior;
  • incorporar insumos aplicados a lanço.

Do mesmo modo que ocorre com outros equipamentos agrícolas, as grades também têm diversos modelos que se classificam de acordo com a parte ativa, ou seja, a peça que atua diretamente no solo. Assim, temos os seguintes tipos:

  • grades de dentes — apresente estruturas de metal que se assemelham a dentes, podendo ser rígidos ou articulados;
  • grades de molas — a estrutura que fica em contato com o solo se parece com uma mola;
  • grades de discos — é o mais utilizado nas lavouras, podendo ser niveladora ou aradora. A aradora faz a aragem e a gradação ao mesmo tempo. Por sua vez, a niveladora realiza esse processo após a aração para destorroar, nivelar e adensar a terra.

As grades são muito comuns nas tarefas do campo. Porém, devem ser sempre utilizadas com cautela e da maneira correta. Caso contrário, poderá causar a pulverização do solo, deixando-o propenso à erosão, além da formação do chamado “pé de grade” e a compactação do solo por conta do peso do maquinário.

4. Subsoladores

Os subsoladores são mais um equipamento usado para a descompactação da terra, principalmente em regiões onde o solo está mais endurecido, seja por conta do alto fluxo de máquinas pesadas (como tratores e caminhões), seja por causa de outros processos de preparo do solo que são feitos em excesso.

Ele contém hastes de metal que conseguem atingir até 1,10m de profundidade, descompactando as camadas do solo, reduzindo sua resistência à penetração das raízes, melhorando a aeração e a drenagem interna, diminuindo o escoamento da superfície e evitando o encharcamento.

Então, a diferença entre o arado e o subsolador está na profundidade alcançada. Como este atinge camadas mais profundas, é mais eficaz na descompactação. Porém, é extremamente importante ressaltar que não substitui o arado porque ele não é capaz de revolver a terra.

Outro ponto que você deve saber é que o subsolador é um equipamento agrícola bastante robusto e exige grande força de tração. Por esse motivo, tem maior custo operacional e exige tratores mais potentes e que têm um consumo maior de combustível.

5. Pulverizadores

A função dos pulverizadores é a de aplicar produtos fertilizantes e fitossanitários nas culturas, mantendo-as livres de pragas, ervas daninhas, patógenos e permitindo que as lavouras recebam todos os nutrientes necessários para o seu desenvolvimento. Logo, é um dos implementos agrícolas mais utilizados.

Esses produtos precisam ser líquidos, pois os pulverizadores os distribuem em pequenas gotículas sobre as plantações. Dessa maneira, os insumos químicos e biológicos chegam nas quantidades ideais para as necessidades da cultura. Os tipos mais utilizados são:

  • pulverizadores atomizadores — por meio de uma corrente de ar, as gotas dos fitossanitários são transportadas para as plantas. São mais indicados para a aplicação na cultura de frutas, pois os produtos conseguem atingir até a copa das árvores. Dependendo do modelo, pode haver mais de um ventilador;
  • pulverizadores de barra — pode ser acoplado a um trator simples e conta com uma barra e vários bicos para a aplicação dos produtos. Então, pode ser utilizado em qualquer tipo de cultura.

6. Rolo faca

Trata-se de um grande rolo de metal que é ligado ao trator. Ao passar sobre o solo, faz a picagem dos restos da cultura após a colheita, impedindo que eles brotem novamente. Essa etapa é fundamental, pois após a colheita é necessário preparar o solo para a próxima semeadura.

Sendo assim reduz o tempo entre um plantio e outro porque aumenta a velocidade com que os nutrientes sejam incorporados ao solo. Além disso, acelera a decomposição da biomassa, que servirá como adubo para o próximo plantio.

O rolo faca é usado principalmente em áreas de plantio direto, isto é, sistema de plantio que é predominante das lavouras de grãos no Brasil.

7. Enxadas rotativas

Compostas por flanges e lâminas cortantes que giram sob um mesmo eixo em sentido transversal à direção do deslocamento do trator, as enxadas rotativas têm a vantagem de preparar o solo em uma operação só.

São muito usadas no cultivo de flores e hortaliças, mas também são muito úteis no manejo de ervas daninhas, incorporação de fertilizantes, restos de culturas e corretivos do solo. A profundidade varia conforme o tamanho das flanges e lâminas, mas geralmente fica entre 10cm e 20cm.

Ainda, as enxadas rotativas podem ter tamanhos diferentes, conforme a cultura a que se destinam.

8. Escarificadores

Também muito utilizados no sistema de plantio direto, os escarificadores se assemelham aos arados. A diferença é que este tipo de equipamento agrícola quebra a compactação do solo causada pelo uso de maquinários pesados. Dessa forma, fica menos propenso a erosões.

Ele pode ser utilizado em terra totalmente seca. Contudo, não substitui o uso de outros implementos, como a grade e o arado.

Portanto, os equipamentos agrícolas são indispensáveis para otimizar as tarefas no campo e melhorar a qualidade do produto final. Para escolher os implementos ideais para você, é necessário levar em consideração a cultura desejada, o tamanho da plantação, características das plantas e tipos de trator utilizados. A melhor forma de adquirir os equipamentos é por meio de um consórcio de máquinas agrícolas, que permite a aquisição parcelada e com menos burocracia.

Quer saber mais sobre a produtividade no campo? Então, não deixe de descobrir como o produtor rural pode melhorar sua rentabilidade. Boa leitura!
As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.
Mostrar comentários
Leia também
Marketing rural: realize corretamente com apenas 5 passos!
agriculture
Vida no Campo

Marketing rural: realize corretamente com apenas 5 passos!

Drones na agricultura: conheça as vantagens e principais funções
agriculture
Vida no Campo

Drones na agricultura: conheça as vantagens e principais funções

Para que serve o calcário? Veja como elevar a produtividade do plantio
agriculture
Vida no Campo

Para que serve o calcário? Veja como elevar a produtividade do plantio